Quanto custa anunciar no Google?

por | abr 15, 2020 | Sem categoria | 0 Comentários

O custo para anunciar no Google vai depender da quantidade de cliques, impressões ou conversões você tiver no seus anúncios ou campanhas. Os anúncios são cobrados por CPC (custo por clique), CPM (custo por mil impressões) ou CPA (custo por aquisição ou custo por conversão), sendo que estas modalidades variam do tipo de anúncio e objetivo de marketing configurado em suas campanhas. Como é possível determinar o orçamento diário ou mensal de sua campanha, então o custo para anunciar no Google vai ser o valor que você esteja disposto a investir.

 

Quais são os modelos de cobrança do Google Ads?

Anunciar no Google Ads (antigo Google Adwords) é muito barato em relação à outras plataformas de mídia. Para abrir uma conta é totalmente gratuito, e o valor mínimo é muito baixo, o que depende da forma de cobrança configurada. Existem duas maneiras de cobrança: pagamentos manuais ou pagamentos automáticos.

Nos pagamentos manuais, deve-se colocar um saldo pré-pago na sua contado Google Ads, que pode ser feito através de boleto bancário ou cartão de crédito. A ferramenta não aceita um valor de investimento inferior a R$ 40,00.

Veja também:

 

Já os pagamentos automáticos funcionam de outra maneira: ao configurar a forma de pagamento e fazer o primeiro investimento, o Google Ads irá determinar um valor específico para iniciar (normalmente muito baixo), e conforme forem os gastos os pagamentos vão sendo debitados no cartão de crédito definido. Uma vez que o consumo da conta bate o limite de faturamento, é feito uma nova cobrança (esse valor aumenta conforme o tempo de conta), ou se não atingir tal limite, o Google irá fazer a cobrança a cada ciclo de 30 dias. Você pode encontrar mais detalhes na central de ajuda do Google Ads, clicando no link https://support.google.com/google-ads/answer/6311?hl=pt-BR.

 Como funcionam os pagamentos automáticos no Google Ads

 Ainda existem outras opções de pagamento, como por exemplo o pagamento pós-pago, mas que só é liberado para contas grandes, definidas pelo próprio Google Ads.

 

 

Quanto investir no Google Ads?

Antes de mais nada, é preciso entender como o Google realiza pelos anúncios. A maneira mais comum é a cobrança por CPC, ou seja, o custo por clique recebido. É possível em alguns casos também configurar para que a cobrança seja feita por CPM (custo por mil visualizações de anúncio) ou por CPA (custo por cada aquisição), este último liberados apenas em algumas situações e contas. Existe a estratégia onde é possível determinar um CPA ou ROAS (retorno de investimento sobre publicidade), mas essa é uma estratégia de direcionamento do investimento, sendo a cobrança no final realizada por CPC.

Sabendo que a cobrança normalmente é feita por CPC, é possível pensar de duas formas: por meio de uma meta ou por meio do orçamento.

Orientar o investimento através de uma meta

Neste caso estipular uma meta de vendas e a partir dai fazer o cálculo de quanto precisa ser investido. O valor a ser investido vai depender de fatores como tíquete médio, taxa de conversão e CPC.

 

 

No exemplo acima estipulamos uma receita (nos casos de lojas virtuais) ou conversões (sites, landing pages, etc) como meta. A partir daí consideramos a conversão de 1% e um CPC de R$ 0,25. Fazendo as contas, para atingir R$ 100.000 em vendas ou 200 conversões, temos que investir R$ 5.000 reais.

Orientar o investimento pelo orçamento

Pegando o exemplo acima, vamos supor que não há disponível a quantia de R$ 5.000 para investimento, e sim apenas R$ 3.000. Sendo assim, podemos fazer um cálculo ao contrário, orientado pelo limite de orçamento. Considerando os mesmos parâmetros, vamos ter o seguinte:

 

 

 

 

Como funciona o custo do CPC?

O custo do CPC no Google Ads é determinado entre uma combinação de um leilão e o índice de qualidade dos anúncios. No caso do leilão, quem paga mais teoricamente fica melhor posicionado na busca, alcançando a primeira posição. No entanto, se o anúncio outro anúncio tiver uma qualidade superior, é muito provável que ele uma posição mais elevada, mesmo pagando um custo por clique menor. Desta forma o Google mantem a pesquisa sempre relevante para o usuário, entregando sempre o melhor resultado de busca.

Através do planejador de palavras-chave do Google (Keyword Planner), é possível ter uma estimativa do custo por palavra-chave.

 

 

 

 

Veja que para exibir anúncios na parte superior da página para o termo “desentupidora” o custo do clique é de R$ 50,70. Por isso é importante focar na qualidade do anúncio e em ter uma boa estratégia de palavras-chave, trabalhando com palavras de calda longa.

Saiba a margem e lucratividade na ponta do lápis

Determinar o investimento de mídia é mais complexo do que se imagina. É preciso levar em conta não apenas quanto custa o clique, mas quantos cliques são necessários para converter uma venda e qual a margem do seu produto ou serviço.

Por exemplo: se você precisa de 100 cliques ao custo de R$ 0,25 para vender um produto de R$ 1000, seu investimento será de R$ 25, o que corresponde 3% da receita do produto. Já se você gasta os mesmos 25 reais mas vende um produto de R$ 100, o investimento foi de 25%.

Por isso é extremamente importante analisar a margem por produtos, categorias, marcas e outros parâmetros, cruzar com o custo por cada aquisição (CPA) e o CPC.