O que é Gestão de Tráfego e como fazer?

Entender o que é gestão de tráfego permite que você direcione o seu investimento  para aumentar a visibilidade online de sua marca e, com isso, atrair mais clientes. 

Só que, para isso, existe uma variedade de fontes de tráfego. É o caso do SEO, das redes sociais, do e-mail marketing e, principalmente, da mídia paga. 

Inclusive, esse último é o tópico central deste artigo. Vamos dar uma atenção especial à gestão de tráfego pago para que você entenda a sua importância e, especialmente, as melhores práticas para implementá-la de maneira eficaz.

Boa leitura!

O que é gestão de tráfego?

A gestão de tráfego é um conjunto de estratégias de marketing digital para atrair e direcionar visitantes para um site e outras plataformas digitais. Com isso, é possível otimizar o fluxo de usuários que chegam até você, aumentar sua visibilidade online e gerar engajamento — e também com a expectativa de conseguir conversões em vendas.

E como fazer isso? O tráfego pode ser gerado por meio de diversos canais, como:

  • SEO (Search Engine Optimization);
  • E-mail marketing;
  • Redes sociais.
  • Mídia paga.

Por que entender o que é gestão de tráfego ajuda a sua empresa?

Uma gestão eficaz de tráfego aumenta a visibilidade de qualquer marca e coloca-a diante de um público maior e mais relevante para as suas soluções.

Além disso, você consegue direcionar esse tráfego qualificado para as suas páginas digitais, aumentar o engajamento da sua audiência e melhorar as taxas de conversão. Afinal, quanto mais facilitada a experiência para as pessoas interessadas nos seus produtos e serviços, mais fácil se torna o argumento de venda.

Tipos de tráfego

Cada tipo de tráfego tem suas características e origens, além de impactar as marcas de diferentes maneiras. Entenda melhor a partir da explicação que preparamos para você entender o valor da gestão de tráfego digital.

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico está ligado aos visitantes que chegam ao seu site por meio dos resultados não pagos nos motores de busca, como Google, Bing e Yahoo. 

É um tipo de tráfego gerado quando os usuários clicam em links encontrados em páginas de resultados de busca após pesquisarem palavras-chave relacionadas ao conteúdo.

Tráfego direto

O tráfego direto acontece quando os visitantes acessam diretamente o site, digitando a URL específica no navegador. Isso tende a indicar que o usuário já conhece a marca ou o site e tem a intenção de visitá-lo.

Tráfego de referência

Tipo de tráfego em que os visitantes chegam ao site ao clicar em um link presente em outros sites. Isso pode incluir blogs, portais de notícias, parceiros de negócios ou qualquer outra página que tenha links direcionando ao seu próprio site.

Por exemplo: um blog menciona os seus serviços e inclui um link para que visitem o site da sua marca. Assim, as pessoas que clicam nesse link contam como tráfego de referência.

Tráfego pago

O tráfego pago tem crescido bastante no Brasil porque seus resultados são expressivos. E como acontece? Por meio da criação de campanhas publicitárias em plataformas de anúncios como Google Ads, Facebook Ads e Instagram Ads, entre outras. 

Para isso, você desenvolve a sua campanha no Google Ads, por exemplo. Em seguida, anúncios surgem para usuários com potencial de serem consumidores da sua marca e, ao clicar nesses anúncios, são direcionados ao seu site e contabilizados como tráfego pago.

Por que fazer a gestão de tráfego pago?

A gestão de tráfego pago maximiza a visibilidade e o retorno sobre investimento (ROI) das campanhas publicitárias. E, complementarmente, permite que você alcance um público-alvo específico de maneira rápida e eficaz — e com grande controle sobre o orçamento e a performance de cada campanha.

Assim, ao gerir corretamente o tráfego pago, sua empresa pode aumentar as conversões e, consequentemente, suas receitas.

Quais são os principais canais de tráfego pago?

Com o tráfego pago, você escolhe os melhores canais para compartilhar os seus anúncios e, assim, impactar uma audiência verdadeiramente qualificada.

Descubra quais são os principais canais, logo abaixo.

Google Ads

Google Ads é uma das plataformas mais populares para tráfego pago que permite criar anúncios para aparecerem nos resultados de busca do Google e em sites parceiros.

Com opções de segmentação, você consegue alcançar usuários com base em suas buscas, localização, comportamento online e muito mais, o que aumenta a precisão e assertividade das suas campanhas.

Facebook Ads

O Facebook Ads tem uma boa plataforma para criar anúncios altamente segmentados dentro da rede social — algo interessante, considerando que o Facebook tem bilhões de usuários ativos e sua plataforma conta com alta capacidade de segmentação dos anúncios.

Instagram Ads

Ideal para marcas que dependem de conteúdo visual forte, o Instagram Ads permite a criação de anúncios em forma de fotos, vídeos, Stories e carrosséis. E como o Instagram é super popular no país, pode ser uma excelente maneira de promover produtos e serviços de maneira criativa e inspiradora.

LinkedIn Ads

LinkedIn Ads é a escolha preferida para campanhas B2B porque é possível segmentar anúncios com base em informações profissionais, como cargo, indústria, empresa e habilidades. Perfeito, por exemplo, para gerar leads qualificados em setores específicos, promover eventos corporativos e construir a autoridade de marca.

Outras plataformas de mídia paga

Além dos gigantes mencionados, existem outras plataformas para tráfego pago, como Pinterest Ads e TikTok Ads, entre muitos outros.

Cada uma dessas plataformas oferece oportunidades únicas de alcance e engajamento, com suas próprias ferramentas de segmentação e formatos de anúncios. Por isso, sempre analise as melhores plataformas dentro dos seus objetivos e necessidades.

Como fazer a gestão de tráfego pago?

Agora que vimos o que é gestão de tráfego, vamos entender como esse trabalho é realizado:

  • Planejamento e definição de objetivos;
  • Pesquisa e segmentação de público;
  • Criação de anúncios atraentes;
  • Acompanhamento e análise de desempenho;
  • Otimização contínua;
  • Gerenciamento de orçamento;
  • Relatórios para avaliar o progresso.

Mas você pode contar com uma equipe de especialistas para te ajudar com isso. Especialmente, agora que vimos o que é gestão de tráfego e qual é a sua importância.Conheça o trabalho da Upster e descubra como podemos desenhar soluções personalizadas para o seu negócio com base em seus objetivos e necessidades!

Contrato sem período mínimo!

Durante esta semana, os novos contratos não possuem nenhum período mínimo de permanência (basta dar um aviso prévio de 30 dias). Aproveite!